Os serviços de iluminação pública não são o forte da administração do atual prefeito de Barras, Carlos Monte. Nem mesmo a localidade Esperança, que é berço do prefeito, teve as suas reivindicações atendidas. As fotos a seguir mostram a localidade na noite desta segunda (7).

Assim como a localidade Esperança são muitas as comunidades que amargam a escuridão ou precisam fazer vaquinha para comprar lâmpadas. Toda segunda-feira a escuridão da cidade é pauta dos vereadores na sessão da Câmara Municipal de Barras.

A falta de iluminação pública retira da população os direitos mais básicos de cidadania. A população da zona rural se sente excluída porque os serviços públicos já não chegam de forma satisfatória e o poder público municipal ainda impede que as famílias tenham a segurança reforçada pela iluminação. Ruas escuras facilitam o tráfico e assaltos. E a zona rural não quer isso.