Após ser condenado a ressarcir integralmente os danos causados a União em R$ 80 mil por razão da malversação de recursos, o ex-prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Ronaldo Lages, foi exonerado.

A data da exoneração, assinada pelo atual prefeito Manuel de Jesus Silva, é 1° de março, mas só foi publicada no dia 16.

A filha de Ronaldo Lages é vice-prefeita do município e ele exercia a função de chefe de gabinete da prefeitura, mas não está podendo exercer sua função porque encontra-se preso na penitenciária de Esperantina. Ele foi condenado pelo juiz Ulysses Gonçalves da Silva Neto, da Comarca de Porto, a 5 anos e 7 meses de prisão por efetuar disparo de arma de fogo em local habitado e por resistência à prisão.

Justiça condena ex-prefeito Ronaldo Lages a pagar R$ 200 mil