O acusado de estuprar a irmã e de praticar violência sexual contra a avó foi preso por volta das 17h desta quinta-feira (15). O criminoso tem 23 anos e as iniciais do nome dele são N. A. S. É mais conhecido como Coroão.

Coroão foi preso na casa da mãe dele no bairro São Cristóvão. Ele estava foragido e foi na casa da família. A polícia recebeu a informação e o prendeu.

O Tenente Batista Júnior disse que desde o dia 13 de outubro a PM estava em diligências ininterruptas para capturá-lo.

Ele é acusado de estuprar a própria avó no dia 20 de setembro e no dia 13 de outubro foi a vez da irmã”

BARRAS| Acusado de abusar sexualmente da avó e estuprar a irmã de 19 anos continua foragido

Um criminoso identificado apenas cono Coroão está fora desde a noite desta terça-feira após estuprar a irmã de 19 anos e abusar sexualmente da avó de 78 anos.

O comandante do pelotão da Polícia Militar de Barras, Capitão Batista, disse ao longah que ainda não saiu o mandado de prisão preventiva sobre o caso da vó. “Em relação ao caso da irmã dele, ainda está no flagrante ainda e a polícia está em diligências para prendê-lo”, informou o Capitão Batista.

Coroão, conforme o relato da vítima, irmã do meliante, ainda agrediu a mãe. O fato aconteceu por volta das 20h de terça-feira.

O meliante já é conhecido da polícia o mesmo ganhou liberdade após 1 ano em presídio acusado de tráfico e furtos.