Um homem de 32 anos foi preso depois de matar a esposa no bairro Recanto Maravilha, em Boituva (SP), na noite deste sábado (25). Ele confessou o crime à polícia. A vítima, identificada como Lorena, era barrense, neta de Francisco e Aurora Chumbinho.

De acordo com a Polícia Civil, uma equipe recebeu a denúncia de que um homem teria matado a esposa e que estaria esperando anoitecer para se desfazer do corpo. O denunciante ainda informou à polícia o endereço do suspeito.

A equipe da Polícia Militar foi até o local, mas a casa estava fechada. Um vizinho informou aos policiais a roupa que o suspeito estava usando quando saiu da residência.

Segundo a PM, a equipe realizou buscas pelo bairro e encontrou o homem saindo de um bar, apresentando sinais de que havia ingerido bebida alcoólica. Ele foi abordado e confessou o crime.

Conforme a polícia, o homem relatou que enformou a esposa. Na casa, a PM encontrou o corpo da vítima enrolado em um cobertor e com vestígios de sangue. A mulher estava nua e com sinais de espancamento.

A perícia técnica esteve no local. O homem foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio e encaminhado para a delegacia da cidade.