Na segunda sessão ordinária da Câmara Municipal de Barras, os parlamentares aprovaram por unanimidade projeto de Lei que permite as sessões híbridas na casa legislativa. Ou seja, os vereadores que não se sentirem seguros de participar presencialmente, possam acompanhar as sessões e votar de forma remota.

De acordo com a presidente da Câmara, vereadora Jovelina Furtado, o sistema de deliberação híbrido permite a apreciação dos projetos de forma presencial ou on-line.

“Estamos vivendo um período de pandemia e, apesar de estarmos tomando todas as medidas necessárias para proteger os parlamentares e os funcionários da casa legislativa do coronavírus, é importante que os vereadores se sintam seguros para participar presencialmente”, destacou a presidente Jovelina Furtado.