O prefeito de Barras, Edilson Capote, vai seguir a recomendação do governo do estado e cancelar as festividade de Carnaval este ano.  A medida é necessária levando em consideração o cenário ainda preocupante da pandemia do novo coronavírus.

“Se a população não estiver completamente vacinada, não podemos fazer cinco dias de aglomeração”, explica o prefeito.

Há uma grande expectativa de que a vacina chegue, porém, ainda não há data definida, Capote diz que os técnicos da Saúde vai continuar analisando o cenário epidemiológico, para que possam adotar medidas necessárias para o período.

O secretário estadual de Turismo, Flávio Júnior, que é médico lembra que ainda há registros de muitos casos da doença no Piauí. “O vírus continua circulando, já se tem notícias de uma variante e sabemos que as festividades de carnaval costumam sempre contar com uma presença muito grande de pessoas, ou seja, com aglomerações, o que não é recomendado nesse momento”, observa.