O funcionário dos Correios de Piripiri, Gilvan, informou que vai buscar seus direitos após passar por um constrangimento em seu trabalho e perante seus familiares, que ficaram assutados ao saber que ele estava com a doença covid-19

De acordo com o carteiro, ele foi submetido a um exame na sexta-feira, 19, feito pelo Governo do Estado, por meio do Instituto Amostragem, e o resultado do exame deu positivo. Ao saber do diagnóstico, a direção dos correios decidiu afastá-lo do trabalho e fechar as portas para preservar os demais funcionários da agência.

Sem sentir nenhum sintoma da doença, Gilvan decidiu fazer novos exames na segunda-feira, 22, sendo um feito pelo município e outro de maneira particular em uma clínica, e ambos deram o resultado negativo.

Diante dos resultados, Gilvan ficou aliviado e revoltado com a situação e disse que irá buscar seus direitos na justiça dante do constrangimento que sofreu. Os demais funcionários também passaram por exames e todos deram negativos.