Após a aprovação das contas do ex-prefeito Chico Marques, agora serão apresentadas para votação as do ex-prefeito Edilson Sérvulo referente a dois anos. Será na próxima segunda-feira durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Barras.

ENTENDA O PROCESSO!

O Tribunal de Contas do Estado emite parecer, mas é o parlamento do município que dá o verdito através de votação secreta.

Caso não sejam aprovadas, será declarada inelegibilidade do ex-prefeito pelo prazo de oito anos. O próximo passo é a publicação em Diário Oficial de um decreto legislativo com a deliberação dos vereadores. Após isso, é que o impedimento do ex-prefeito de concorrer a cargos públicos poderá ser declarado pela Justiça Eleitoral.