O poder público municipal de Barras anunciou que vai notificar, multar e cassar o alvará de estabelecimentos comerciais. A medida visa reduzir os casos de Covid-19.

O decreto proíbe festas, eventos, bares. Os carros continuam proibidos de circular.

Bares e restaurantes só podem funcionar em sistemas de delivery e drive thru.

O decreto fala de fiscalização que, segundo o documento, será feita através da Vigilância sanitária e funcionários do setor de tributos.

O decreto, na verdade, não apresenta muita diferença de anteriores. A grande questão é que a fiscalização é falha. Os servidores responsáveis se esforçam dentro das limitações. É um grupo reduzido para o tamanho do território de Barras.

A Prefeitura deveria ter fornecido um telefone para denúncias.

VEJA AQUI O DECRETO 020 2020