As pequeninas cidades de Boa Hora e Cabeceiras do Piauí estão em situação ascendente em número de coronavírus. A epidemia demorou a chegar nelas, mas agora estão aumentando rapidamente.

Em um período de 30 dias, Boa Hora pulou de 3 para 32 casos.

Já em Cabeceiras (foto abaixo)chegou a 36 o número de contaminados.

O fato de moradores das pequenas cidades trabalharem em cidades próximas maiores faz com que o vírus se dissemine. “A doença vai se difundindo através da rede de conexão das cidades. Pessoa mora em um município, trabalha no outro. A gente percebeu que o vírus se aproveitou dessa rede para se disseminar pelo Brasil, para os municípios menores”, explica o pesquisador epidemiologista da Fiocruz, Diego Xavier.

A chegada de moradores de outros estados do país também influenciou na difusão do vírus nestas duas cidades.