A secretária de Saúde de José de Freitas, município a 55 quilômetros ao Norte de Teresina, informou que o menino de 8 anos que morreu na noite de segunda-feira (23) com suspeita de Covid-19 já tinha histórico de pneumonia. A criança estava internada no hospital Nossa Senhora do Livramento e era moradora da zona rural.

Em entrevista por telefone ao Notícias da Manhã nesta quarta-feira (25), a secretária de Saúde, Sara Farias, destacou que trata-se apenas de uma hipótese para o novo coronavírus já que a criança tinha histórico de doença respiratória.

“Era uma criança especial. Ele já tinha dado entrada outras vezes no hospital com pneumonia. Há uma semana, a mãe relatou que levou a criança novamente ao hospital porque a criança estava tendo febre, coriza, mas o médico receitou, fez a medicação, ele voltou para casa e melhorou. Quando foi anteontem ele teve uma piora e voltou para o hospital”, relatou.

O resultado do exame para certificar se o menino estava infectado pelo covid-19 deve sair no período de cinco a 10 dias. Ele morava com a mãe que está de quaretena.

O menino deu entrada no hospital Nossa Senhora do Livramento na segunda-feira (23). Foi feita a coleta do material dele para fazer a investigação para o coronavírus.

“Na verdade o teste é para ver se dá positivo para H1N1, dando negativo, fazemos a contraprova para  coronavírus. Ainda não temos nada confirmado. O único caso suspeito e investigado no momento é o dele no nosso município. Apresentaram outros pacientes com sintomas mas estão de quarentena para que sejam possivelmente descartados”, explicou Sara.