arturO delegado Artur Barros Leal já tem um suspeito da morte do rapaz identificado como Leandro Gordinho. Ele disse ao longah.com que Leandro era envolvido com tráfico de drogas e que, inicialmente, trabalha com a hipótese de ajustes de contas. Leandro estava bebendo em Barras, no Bar O Pesqueiro, ambiente conhecido por atrair pessoas envolvidas com crime acompanhado de rapaz e uma moça, quando chega por volta de 23h um homem que, segundo o delegado, não estava sozinho e efetuou um único disparo, que foi fatal, levando a óbito o traficante. Com ele, foi encontrado projéteis, dinheiro e droga.

“Ele já havia sido ameaçado de morte outras vezes, mas não denunciava na polícia. Nós sabemos informalmente. Como ele era envolvido com o crime, preferia não prestar queixa. Mas também ameaçava as pessoas. Era traficante, com passagem pela polícia e disputava a liderança do tráfico com outro grupo, o que nos faz acreditar que este foi o motivo do crime”, relata o delegado.

leandro

 

Artur Barros conta ainda que já sabe quem é o autor e as pessoas que o acompanhavam, mas para prendê-los precisa do depoimento da testemunha. “Ela nos contou que viu e que sabe, mas na hora de formalizar a denúncia não tem coragem porque teme sofrer represália do assassino”.

O delegado diz ainda que a expectativa é que o assassino seja preso antes de terminar o flagrante.

NOTÍCIA RELACIONADA

Mais um jovem é assassinado no Bar Pesqueiro. Ele levou um tiro fatal