O mês de novembro deixou resultados positivos para a Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi). O alcance de 31.441,6 toneladas de alimentos comercializados no entreposto de Teresina representa um aumento no volume da comercialização, comparado ao mês anterior. Segundo o diretor presidente do órgão, Alberto Monteiro Neto, no mês de outubro foram comercializadas 30.349,8 toneladas de frutas, verduras, legumes, hortaliças, ovos, aves e pescados.
O crescimento no abastecimento de hortigranjeiro contou com o volume de produtos originados em outros estados, mas também foi resultado das áreas produtoras de Guadalupe, Água Branca, Altos e Barras, municípios do Piauí, que passaram a ofertar produtos em maior quantidade e melhor qualidade para a Ceapi. “A safra nessas cidades do nosso Estado contribuíram para o crescimento no volume de comercialização em nosso mercado”, explica Alberto.
Entre as frutas de maior comercialização estão a banana, a laranja, o coco, maçã, melancia e melão. E quando o assunto é hortaliça, as mais comercializadas foram de abóbora, cebola, tomate e batata inglesa.
A melancia de Barras é produzida pelo agropecuarista Juarez Rocha.
Relação dos produtos mais vendidos, com volume em toneladas:
1°-Banana 3.033
2°-Laranja 2.746
3°-Coco 2.504
4°-Abóbora 2.486
5°-Maçã 2.003
6°-Cebola 1.938
7°-Melancia 1.824
8°-Tomate 1.516
9°-Melão 1.488
10°-Batata 962