Cansados de esperar pelo pode público municipal, moradores do bairro Mão Santa, em Esperantina, comemoraram de forma irônica e criativa o aniversario de um poste sem iluminação. Tudo às escuras.

egundo os moradores, há mais de oito anos que vivem na escuridão.

“É revoltante e vergonhoso essa situação, pois todos aqui pagamos  a taxa de iluminação pública mesmo sem usar”, relata o morador.

A reportagem perguntou  se os moradores tinham  procurado a Prefeitura de Esperantina  para resolver essa problemática da escuridão,  eles disseram que sim, por várias vezes.