O senhor Thiago, do Bairro Riachinho, pai de uma menina que precisa de constantes visitas  a médicos, entrou em contato com a redação do longah para fazer uma denúncia sobre o mau uso das vans da secretaria de Saúde.

De acordo com ele, as vans  não estão priorizando os pacientes que necessitam se dirigir à Teresina para fazer atendimento médico.

“Toda vez que uma pessoa tem consulta ou exame em Teresina, precisa ir à secretaria de Saúde para agendar. Eu tenho uma filha 1 ano e dois meses, ela é especial e precisa três vezes por semana se consultar na capital. As passagens são caras, princialmente quando se vai e volta 3 vezes. A saída são as vans da secretaria de Saúde, mas toda vez que a gente vai lá e fala com uma moça chamada Nise, ela informa que não tem vaga, que a van está lotada”, relata Thiago.

O pai diz ainda que muitas pessoas usam os micro-ônibus para outros fins. “Tem gente que vai comprar roupa, celular, visitar parentes e quem realmente precisa de exame, não consegue vaga. É importante que o secretário de Saúde veja isso de perto”, completa.

A situação das famílias que tem filhos com alguma deficiência em Barras é difícil. O Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) tem estrutura precária. Faltam medicamentos. falta alimentação.

A funcionária da secretaria de Saúde, Nise Augusta, disse que regulação é feita com o encaminhamento. “Se depois vão fazer compra, não tenho culpa. Esse senhor não falou que tinha filha especial e que precisava viajar 3 vezes por semana porque sempre dá-se um jeito, mas está no caderno com o nome dos pacientes, endereço, local de atendimento telefone. Não sou eu a culpada”, justificou.

Francisco Sampaio conta que o irmão também passa por problema semelhante ao de Thiago.  “Meu irmão também tem uma criança especial sempre eles vão pagando porque eles sempre dizem que não tem mais vagas, e é só isso! Não tem fiscalização mesmo, até mesmo uma ordem judicial ele entregou pra eles, aí  a mulher que coloca os nomes fez foi rir dele e da esposa dele”, relata.

O irmão de Francisco Sampaio mora no bairro Pedrinha I.