Que o prefeito de Barras, Carlos Monte, não foi um dos melhores gestores em administração de recursos da Covid-19, não é surpresa para ninguém. A maior prova é os números de casos que ficuram entre os mais altos dos municípios do Piauí.

Mas ele, que é médico, dá um show de falta de responsabilidade ao promover uma aglomeração e desfilar sem máscara. Para as pessoas que sofreram com essa doença e para as famílias que perderam entes queridos ou para as que ainda estão com parentes nos hospitais, pegou muito mal.

O prefeito deveria ter lançado um decreto e proibido aglomerações políticas, mas ao contrário, liberou tudo e ainda estimula o não uso da máscara. Esse ato do prefeito foi manchete de reportagens no jornalismo regional e o prefeito foi chamado de mal gestor.

Veja vídeo:

Por causa de exemplos como este, o Piauí vai ter que voltar a restringir atividades. Detalhe: Carlos Monte é candidato á reeleição.

O governador Wellington Dias alertou que o desrespeito às medidas de prevenção e higiene podem novamente afetar o dia da votação nas eleições municipais. “Pode chegar o dia 15 de novembro, com o indicador muito alto de adoecimento, de problema de internação, problema de óbitos, então muita gente vai deixar de votar. Isso não é bom para a democracia”.

Reprodução Facebook

NOTÍCIAS RELACIONADAS