A praça que fica em frente à escola Gervásio Costa virou ponto de uso de drogas e de aglomeração de jovens ouvindo música durante a noite. Neste domingo, a praça amanheceu com as lâmpadas todas quebradas, postes derrubados e lixeiras no chão.

“Quebraram todas as lâmpadas da praça. Sábado e domingo ali virou ponto de uso de drogas. Aos sábados e domingos eles se reúnem aos montes, trazem caixa de som, bebidas e provavelmente drogas”,  denunciam moradores.

Esse é o tipo de ocorrência que seria combatida por guardas municipais.

Em José de Freitas, a guarda municipal tem sido bastante efetiva no combate ao Covid-19. Atuam na fiscalização de locais, cujos proprietários desrespeitam os decretos de isolamento e atuam na fiscalização de aglomerações.

Outro pontos de aglomeração é a Praça do Ginásio do Bairro Santinho e a avenida da Palestina.

Na Palestina são ‘pegas’ de moto com escapamento Kadrom que fazem barulho e incomodam os moradores. “Eles fazem peripécias, levantam rodas das motos, incomodando o pessoal, crianças, idosos, doentes e trabalhadores”, conta o morador.