HUT já atendeu mais de mil crianças vítimas de acidentes com moto em todo o Piauí

É cada vez maior o número de atendimento de crianças vítimas de acidente com motocicletas no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). De acordo com os dados divulgados pelo setor de estatística do Hospital, desde sua inauguração, foram atendidas 1.292 crianças, de 0 a 14 anos, vítimas de acidentes com motocicleta. Somente em 2018, foram 308 atendimentos representando um aumento de 6,6%, se comparado com o mesmo período do ano passado.

Dr. Antônio Lopes, médico pediatra e gerente da Clínica Pediátrica do HUT, disse que nesses tipos de acidentes as crianças são as mais prejudicadas, pois são as mais indefesas. “Transportar crianças em motocicletas é assumir um risco muito grande. É preciso que pais e responsáveis tenham consciência do perigo. É muito comum recebermos crianças de colo com fraturas de braço e perna em decorrência de uma queda de moto. Temos também muitos casos de traumatismos cranianos em crianças por conta de acidentes de trânsito. Esse tipo de lesão é bastante grave e pode, na maioria dos casos, deixar sequelas permanentes”.

Para atender essa demanda, o HUT disponibiliza a população um atendimento de urgência pediátrica 24 horas por dia, todos os dias da semana. São mantidos no plantão dois médicos pediatras, um cirurgião pediatra e neuropediatra diarista. O diretor geral do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque, explica a importância de se manter uma equipe especializada no atendimento de urgência e emergência pediátrica.

“Somos o maior hospital de urgência e emergência do Piauí e oferecemos um atendimento de média e alta complexidade, principalmente, na área do trauma. O atendimento às crianças vítimas de trauma é um serviço especializado com os melhores profissionais do mercado. Por conta da nossa importância na rede de saúde do Estado estamos sempre preocupados em oferecer o que existe de melhor para nossa população”, afirmou o diretor.

Para o atendimento de casos mais graves o HUT dispõe ainda de uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica com 10 leitos. As crianças são avaliadas por uma equipe multidisciplinar e de acordo com a necessidade elas são encaminhadas para a UTI. “Na UTI essas crianças recebem um atendimento com uma rotina bastante rigorosa. São casos bastante delicados que necessitam de uma assistência continuada. Dependendo da gravidade o tratamento pode durar meses. Essa rotina de hospital acaba mexendo com toda família, pois os pais ou responsáveis ficam bastante apreensivos com relação a saúde de suas crianças”, explicou Dr. Gilberto.

Em 2018, o HUT realizou 6.409 atendimentos e 1.508 cirurgias em crianças entre 0 e 14 anos. Com relação ao atendimento geral foram 41.721 atendimentos e 9.271 cirurgias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here