Após recuar por não ter armas potentes, polícia de Miguel Alves prende 3 em operação

Policiais Militares de Miguel Alves precisaram recuar durante uma abordagem contra um grupo suspeito  no último domingo (03). A ação foi movida por denúncia anônima e os policiais precisaram deixar o local após os envolvidos do grupo tentarem agredir a guarnição que por não possuir armas de maior potencial ofensivo recuou.

Baseados nessa informação o capitão Miguel Luz, comandante da 2ª Cia do 16º BPM deflagrou a operação Coração Valente. Como resultado da operação foram presos três suspeitos de envolvimento com o grupo que revidou contra os policiais. Com eles foram apreendidos dois veículos e duas armas.

Os três foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina onde foram autuados por diversos crimes. “Não caberia a eles o TCO e eles foram autuados em vários crimes que com penas somadas podem chegar há cinco anos”, informou o capitão.

A Polícia de Miguel Alves dará prosseguimento às operações na região que devem ser intensificadas nos próximos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA