Assaltante de banco pode ter voltado para região entre Barras e Batalha

Informações que chegam ao longah dão conta de que o assaltante Marcelo Pimentel Cunha Nery, vulgo Marcelo Negão, estaria voltando pra área entre Barras e Batalha afim de pegar armas dinheiro que os assaltantes do banco de Campo Maior enterraram.

As fotos de Marcelo estão circulando nas redes sociais. Policiais andaram pelas ruas de Barras com a imagem do assaltante

Os últimos dois integrantes da quadrilha que explodiu duas agências bancárias em Campo Maior ainda estão sendo procurados na região Norte. Segundo a polícia, estão foragidos Marcelo Negão e um outro suspeito identificado apenas como “Mineiro”.

Marcelo Negão é considerado um dos líderes da organização criminosa. Ele foi visto pela última vez após fugir do cerco da Polícia Rodoviária Federal. Já o “Mineiro” estaria ainda na região de Cocal.

De acordo com a Secretaria de Segurança, dos R$ 229 mil levados dos dois bancos, Caixa e Banco do Brasil, R$ 94.120 foram recuperados. Parte está com os dois foragidos, o restante foi destruído durante as explosões ou saqueado pela população.

Até o momento são oito presos, nove mortos, seis veículos, seis coletes balísticos, três fuzis, oito pistolas, carregadores e em média 400 munições apreendidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here