ATENÇÃO! Confirmado foco de peste suína em Cabeceiras do Piauí

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) confirmou que foram detectados mais quatro focos de peste suína no estado. Foram 3 em Murici dos Portelas e 1 em Cabeceiras do Piauí. Ao todo, já são 6 focos em todo o Piauí. Os dois primeiros foram em Lagoa do Piauí.

O Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas (GEASE), da Adapi, informou que o foco de Cabeceiras do Piauí foi eliminado ainda no domingo (5). Na ação 43 animais foram sacrificados pelas equipes da Adapi.

“As demais ações para a eliminação dos focos em Murici dos Portelas já estão sendo adotadas”, informou a Adapi.

De acordo com o órgão, nestes novos focos identificados serão eliminados aproximadamente 80 animais, todos em criações extensivas.

O GEASE informa ainda que a eliminação dos focos está seguindo, rigorosamente, a legislação federal, ou seja, a Instrução Normativa Nº 27, de 20 de abril de 2004, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

“Os trabalhos de atendimento às notificações e vigilância estão sendo realizados em todo o estado através das operações determinadas pelo COEZOO (Centro de Operações em Emergência Zoossanitária para Peste Suína Clássica) do Piauí, cujo telefone para atendimento a notificações é o (086) 98825-5250”, informa a Adapi.

Ascom informou que a prefeitura de Cabeceiras, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, em parceria com a Adapi, está tomando todas as medidas de combate aos focos e redobrando toda a atenção no campo para evitar o avanço da infecção no município.

De acordo com os técnicos da ADAPI, a peste suína, que também é conhecida como “febre suína” ou “cólera dos porcos”, é uma infecção altamente contagiosa e muitas vezes fatal entre os suínos, no entanto não afeta o ser humano. Alguns dos sintomas da peste suína clássica são: hemorragia, febre alta, vômitos, diarréia e falta de apetite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here