Batalha e Nossa Sra. dos Remédios terão que demitir comissionados e fazer concurso

O promotor de Justiça de Batalha, Antonio Charles Ribeiro de Almeida, e o prefeito do município, João Messias Freitas Melo, irão firmar um acordo judicial sobre contratação temporária e concurso público. O documento deverá ser assinado até o final do mês.

O ajuste de conduta irá estabelecer datas para realização de teste seletivo/concurso público visando o preenchimento de vagas que estão sendo ocupadas ilegalmente por meio de indicações politicas, em desacordo com a Constituição Federal.

De acordo com o Ministério Público, o teste seletivo deverá ser realizado no primeiro trimestre/2019. Já o concurso público, segundo o MP, terá que ser concluído até junho/2020

Em Nossa Senhora dos Remédios, Manoel Lázaro não tem outra saída: em cumprimento à Lei, terá que demitir toda a sua equipe em dezembro deste ano para dar posse aos aprovados em janeiro de 2019.

A nossa equipe apurou que o certame será realizado em novembro para todas as áreas e cargos, incluindo educação, saúde, ação social, dentre outras pastas públicas, atendendo aos princípios básicos do direito administrativo.

Em Barras, o prefeito Carlos Monte demitiu comissionados e está convocando aprovados em concurso realiazdo em 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here