BLACKOUT/ Nove municípios da região Norte ficam no escuro nesta quarta-feira (6)

Foi afetado o fornecimento de energia elétrica nos municípios de Matias Olímpio, Nossa Senhora dos Remédios, São João do Arraial, Campo Largo, Porto, Luzilândia, Joaquim Pires, Joca Marques e Madeiro.

Em Porto, a falta de energia comprometeu as atividades dos festejos da padroeira

Uma pane de energia elétrica deixou os municípios de Matias Olímpio, Nossa Senhora dos Remédios, São João do Arraial, Campo Largo, Porto, Luzilândia, Joaquim Pires, Joca Marques e Madeiro em completa escuridão desde a tarde desta quarta-feira (6). O blackout comprometeu serviços e causou transtornos.

Em Porto,  o Tribunal de Justiça realizava um treinamento com os funcionários do fórum e teve que parar por falta de energia. Neste município, a suspensão no fornecimento atrapalhou as atividades dos festejos de Nossa Senhora da Conceição. A energia até que retornou no final da tarde, mas depois foi suspensa novamente.

A Eletrobras, enviou nota de esclarecimento ao longah:

“A Eletrobras Distribuição Piauí esclarece que a falta de energia elétrica no norte do Piauí ocorrida na tarde desta quarta-feira (6), às 16h15, foi devido ao um defeito no para-raio da subestação Luzilândia.
A ocorrência provocou a desenergização das subestações Luzilândia e Matias Olímpio. Por consequência, foi afetado o fornecimento de energia elétrica nos municípios de Matias Olímpio, Nossa Senhora dos Remédios, São João do Arraial, Campo Largo, Porto, Luzilândia, Joaquim Pires, Joca Marques e Madeiro.
Assim que tomou conhecimento do ocorrido, a Eletrobras Piauí enviou equipes ao local e foi possível restabelecer o serviço, às 17h33, para os consumidores de Matias Olímpio, Nossa Senhora dos Remédios, São João do Arraial, Campo Largo e Porto. Os demais Municípios da região atingida continuam sem energia elétrica. A previsão é que o fornecimento seja normalizado até as 18h30 de hoje (6)”.
O serviço foi normalizado, como informou a Eletrobras, mas depois foi novamente suspenso. Até o final da redação desta reportagem, às 19h50min, as cidades ainda estavam no escuro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA