Centenas de peixes morrem em Piripiri por substância tóxica. Água da bacia do Longá deve ser analisada

Um crime ambiental precisa ser investigado com urgência no município de Piripiri. Centenas de peixes morreram na Barragem do Tarciso Cruz, no Rio Santo Antônio, próximo à comunidade Pequi, na zona rural de Piripiri.

A substância que matou os peixes pode estar sendo levada pela correnteza do rio e comprometer a utilização da água para as populações do entorno. As autoridades ambientais devem, investigar com rigor, o que pode comprometer a saúde das pessoas que utilizam o rio até para fins recreativos, já que a bacia é integrada.

O açude Caldeirão é um importante ponto turístico da cidade, cujas águas devem ser analisadas.

Cidades vizinhas devem ter cautela com o uso da água porque a substância tóxica pode se alastrar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here