Em Esperantina, túmulos são violados para furto de metais como zinco e bronze

Ataniel Barbosa de Caravlaho procurou a 13ª delegacia de policia civil da cidade de Esperantina para denunciar que os túmulos de seus avós e tios maternos, sepultados no Cemitério São João Batista, centro da cidade foram violados.

No registro do Boletim de Ocorrência, ele conta que foi verificar que a estrutura do local e notou que telhas em metal (zinco) da estrutura de proteção, bem como um crucifixo em bronze foram furtados .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here