Forte comoção marca o enterro do advogado Ozires Neto em Cabeceiras

O sepultamento aconteceu na manhã de hoje, em Cabeceiras do Piauí, cidade natal do advogado. O velório ocorreu na noite de ontem em Teresina e chegou ainda pela madrugada em Cabeceiras, onde foi realizada uma missa na Igreja Matriz e em seguida ocorreu o enterro.

Muita comoção e revolta por conta da violência que vem dizimando  vítimas inocentes marcaram o enterro do advogado Ozires de Castro Machado Neto, de  28 anos, que morreu ontem no Hospital de Urgências de Teresina (HUT), após ter sido baleado na cabeça em uma suposta tentativa de assalto na noite de segunda-feira (11) no bairro Saci, na zona Sul de Teresina.

O advogado era filho de Paulo e Deuzinha Machado e sobrinho do ex-prefeito José de Arimaéa Velos Machado, o conhecido Zé do Ozires.

O sepultamento aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) em Cabeceiras do Piauí, cidade natal do advogado. O velório ocorreu na noite de ontem em Teresina e chegou ainda pela madrugada em Cabeceiras, onde foi realizada uma missa na Igreja Matriz e em seguida ocorreu o enterro. O clima era de tristeza e revolta.

Ozires Machado Neto morreu por volta das 11h05 desta terça-feira (12), de uma parada cardiorrespiratória, provocada por um traumatismo craniano, proveniente de uma lesão por um projétil de arma de fogo, transfixante, na cabeça.

ENTENDA O CASO!

Morre no HUT Ozires Neto, sobrinho de ex-prefeito de Cabeceiras

DEIXE UMA RESPOSTA