Gerência da penitenciária de Esperantina se posiciona sobre fuga


A gerência da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina, informa que 11 detentos fugiram da unidade, na tarde desta segunda-feira (17). Os internos fizeram um buraco no teto da gaiola de contenção, durante o banho de sol, escapando pela lateral do presídio e pulando o muro com a utilização de uma corda feita com lençóis.

Agentes penitenciários da unidade, policiais militares e a Força Tática local estão em campo para recapturar os fugitivos. A unidade já realizou vistoria e conferência dos presos após a fuga, bem como já realizou a restauração da estrutura comprometida pela ação dos fugitivos. O caso foi comunicado aos juízes da comarca de Esperantina e à Secretaria de Justiça, para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Gerência da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo

Atualizada às 17:30

Mais uma vez presidiários conseguem escapar da Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo na cidade de Esperantina. A diretoria do presídio estima que de 10 a 12 presos escaparam.  Nas fotos enviadas ao longah constam 11 nomes. Eles saíram pelo teto do fundo, jogando uma teresa sobre o muro. Para quem não sabe, teresa é uma corda feita de tecido, mais usualmente lençóis.

A maioria é de Teresina, mas há 2 de Luzilândia, 1 de Castelo, 1 de Parnaíba e outro do Maranhão.

Homicida da penúltima fuga nunca foi capturado

Na última fuga, o detento barrense Maylson José Ferreira Santos conseguiu escapar e nunca mais foi visto. A polícia recebeu informação de que foi para São Paulo.

Mailson tem 20 anos, e fugiu de Esperantina, no dia 11 de fevereiro. Ele foi indiciado por assassinar o instrutor de auto escola Mário Dênis de Oliveira, 25 anos, em 11 de outubro de 2015. O corpo de Mário foi encontrado submerso em uma lagoa próxima a um bar, em Barras, com o corpo e o rosto furados por faca.

Segundo as informações, o fugitivo participou da festa de Carnaval e andava fazendo assaltos e novas ameaças de morte.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here