Investimentos em Miguel Alves levarão água encanada para 3,4 mil famílias

Diante da problemática da seca, que afeta 90 municípios do Piauí, e a demanda por intervenções nas comunidades rurais, o secretário nacional de Saneamento Ambiental, Henrique Pires, discutiu nesta semana em reunião na Funasa, a liberação de recursos para a conclusão de sistemas de abastecimento em Miguel Alves.

A obra, que é considerada a maior da Fundação Nacional da Saúde na zona rural de um município, viabilizará água encanada para mais de 3,4 mil residências, praticamente universalizando o abastecimento na região. A discussão contou com a presença do superintendente da Funasa no Piauí, Gilberto Pereira e do ex-prefeito de Miguel Alves, Nonato Pereira, que classificou a importância da obra para os munícipes. “Estamos discutindo o projeto de abastecimento de água na zona rural de Miguel Alves, através da Funasa e convênio com o Governo do Estado.

Esse é o maior projeto de abastecimento de água da história da Funasa em um município da zona rural, queremos dizer que somos muito gratos ao secretário Henrique Pires, por ter conseguido essa obra quando foi presidente da Funasa”, afirmou.

Para dar celeridade ao projeto, o secretário estadual de Defesa Hélio Isaías também integrou a reunião, enaltecendo o esforço dos gestores na conclusão das intervenções que atendem 45 comunidades. “Quanto a Miguel Alves é uma obra grande que está sendo feita, são mais de 40 comunidades daquele município que serão contempladas com sistema de abastecimento de água, a obra já está em andamento, iniciada nesse ano ainda, e esperamos conclui-la o mais rápido possível”, destacou.

Por sua vez, Henrique Pires afirmou para a importância do sistema de abastecimento no município, impondo para a magnitude do projeto que levará água de qualidade para milhares de piauienses. “É o maior projeto de abastecimento de água já realizado pela Funasa aqui no Piauí e que vai garantir que muitas famílias tenham acesso a água de qualidade”, afirmou. Nesse âmbito, Nonato Pereira citou o esforço do secretário nacional em liberar a segunda parcela dos recursos. “Estamos aqui exatamente lutando para que a segunda parcela do recurso seja liberada, para que a obra possa andar mais rapidamente, para que seja concluída o mais rápido possível para o bem das pessoas”, frisou.

A ação engloba a atenção dada ao presidente Michel Temer com as comunidades do interior, fomentando a liberação de recursos. Nisso, cabe reiterar que na última semana o líder do Planalto lançou o programa Avançar, tendo como norte a retomada de milhares de obras no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here