Juiz de Porto determina prisão de Ronaldo Lages na penitenciária de Parnaíba

O juiz afirma que o posicionamento de Ronaldo Lages é de absoluto desdém com a justiça.

O juiz Ulisses Gonçalves da Silva Neto expediu mandado de prisão contra o ex-prefeito Ronaldo Lages pela suposta prática de crime de disparo de arma de fogo na festa de aniversário de Nossa Senhora dos Remédios. Conforme mostra decisão judicial:

O juiz alegou que o valor da fiança cobrado ao ex-prefeito foi muito baixo e que não vislumbrava a concessão de liberdade com ou sem fiança. Em decorrência disso, Dr. Ulisses determinou a prisão imediata de Ronaldo Lages na Penitenciária de Parnaíba.

Testemunha disse no processo que Ronaldo segurava uma pistola Tauros 23/7 em uma mão e, em outra, um copo e que chegou a ouvir de 2 a 3 tiros.

Baseado também nessa informação e nos processos que o policial civil responde – entre eles o de ter disparado, em outra ocasião, com arma de fogo em local público e causado lesão corporal grave em uma vítima, também o envolvimento em crime de trânsito que culminou com a morte de uma biomédica em Teresina, entre outros – o juiz afirma que o posicionamento de Ronaldo Lages com a Justiça é de absoluto desdém e que não pode ficar solto.

“A medida (prisão) mostra-se necessária para contra reiteração em práticas criminosas, porquanto o paciente ostenta quatro condenações e responde a duas outras ações penais por crimes graves”, diz a decisão.

O ex-prefeito não foi encontrado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Ronaldo Lages dá sua versão sobre tiros que efetuou em evento público

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here