Justiça decreta prisão preventiva de acusado de agredir a mãe em Batalha

Batalha – A juíza Lidiane Suely Marques Batista, titular da Vara Única da comarca de Batalha (PI), decretou, na tarde desta quinta-feira (29), a prisão preventiva de Weslly Rannyery Araújo de Almeida, acusado de praticar lesão corporal e ameaça contra a mãe, Maria do Carmo Araújo Pereira, por descumprir medida protetiva decretada anteriormente e que o proibia de se aproximar da vítima.

De acordo com a Justiça, o descumprimento da medida se deu no último sábado (24), quando o acusado compareceu à casa da mãe, localizada na rua Luiz Castro, centro da cidade, com o objetivo de importuná-la. Além de pegar os bens da residência de sua genitora para vender no intuito de comprar drogas, o mesmo novamente ameaçou e agrediu a vítima fisicamente.

Em sua decisão de mandar prender o representado, a magistrada afirma que “a medida excepcional se justifica com vistas à garantia da ordem pública e aplicação da lei penal, em face do risco a que se encontra submetida a vítima e também para assegurar o cumprimento das medidas protetivas de urgência deferidas”.

A magistrada assinala ainda que se o agressor for mantido em liberdade, poderá causar maiores danos a integridade física e psíquica da vítima e, de novo, colocar em risco a garantia da ordem pública e aplicação da lei penal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here