Loura é inocentada de assalto em Batalha. Três foram considerados culpados

Já tem decisão o processo criminal que investigou o assalto à casa de Francisco de Sousa Fontenele, ocorrido no dia 31 de agosto de 2017, por volta das 23h20min, na Localidade Pé da Ladeira, zona rural de Batalha. Na segunda-feira (31), foi proferida a sentença que considerou culpados três dos quatro réus por envolvimento nos crimes de roubo e corrupção de menores. A jovem Keysiane Gomes dos Santos, conhecida como Loura, 23 anos, foi a única inocentada. Todos os outros réus no processo foram considerados culpados. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (01), no diário da justiça eletrônico.

A juíza Lidiane Suely Marques Batista sentenciou DAVID SABINO CARNEIRO, JOÃO PAULO SABINO CARNEIRO e FRANCISCO RODRIGUES DOS SANTOS (Chicó) a 08 anos e 2 meses de reclusão(cada um), em regime semiaberto, pela prática dos crimes de roubo majorado e corrupção de menores, já que no grupo havia dois menores.

Já a suspeita de ser a mentora intelectual do assalto, Keysiane Gomes (Loura), foi absolvida porque a juíza entendeu que não havia provas concretas sobre a participação dela no crime. A sentença acompanhou o parecer do Ministério Público, que também requereu a absolvição de “Loura” por falta de provas.

ENTENDA!

Loura bonita é acusada de ser mentora intelectual de assalto em Batalha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here