Luciano Nunes admite estar à disposição para concorrer ao governo contra Wellington

Desde a semana passada, o tucano foi citado pelas “forças de oposição” como um dos principais nomes contra a tentativa de reeleição do governador Wellington Dias

A corrida eleitoral é oficial e as coligações já se reúnem em busca de um consenso para os nomes nas esferas federal e estadual. No Piauí, o que chama a atenção da população e dos especialistas em política diz respeito à chapa de oposição ao governador Wellington Dias. É nesse sentido que o deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) se reuniu com o ex-governador Wilson Martins (PSB), na manhã desta segunda-feira (08/01).

Sobre a candidatura do Firmino, cercada de muita indecisão, Luciano afirma que os tucanos do Piauí dão total apoio ao chefe do executivo municipal de Teresina (Foto: Montagem OitoMeia)

Desde a semana passada, o tucano foi citado pelas “forças de oposição” como um dos principais nomes contra a tentativa de reeleição de Dias. Ao OitoMeia, Luciano se diz honrado pela lembrança e admite estar à disposição para concorrer ao executivo estadual, embora saliente que o nome ideal à disputa seja do prefeito Firmino Filho (PSDB).

“A visita ao Wilson faz parte do calendário dessa proposta de conversar com todas as forças para viabilizar a chapa de oposição. Estamos conversando de forma permanente e vamos conversar, também, com todo o PSB e demais forças de oposição que se dispuser a ir a esse enfrentamento”, explica Luciano o motivo da visita a Wilson.

6 POSSÍVEIS PRÉ-CANDIDATOS

A confirmação de uma chapa alternativa ao PT está aí, mas o nome ideal ainda não é consenso da oposição. Robert Rios (PSD), João Vicente Claudino (MDB), o ex-governador Freitas Neto (PSDB), Luciano Nunes (PSDB), Firmino Filho (PSDB) e o próprio Wilson Martins (PSB) são os possíveis concorrentes diretos contra Wellington Dias, segundo o deputado tucano.

Leia mais: Luciano Nunes deve ser nova aposta do PSDB para disputar governo do Piauí

“O meu nome foi lembrado, o que me deixa muito honrado, e eu estou me colocando à disposição do meu partido e das oposições para essa candidatura ao governo. É claro que não depende só de mim, pois ninguém é candidato de si mesmo. O partido tem que apoio, as outras forças de oposição e todo mundo construir junto um projeto com propostas à população”, confirma Luciano.

FIRMINO É NOME IDEAL

Sobre a candidatura do Firmino, cercada de muita indecisão, Luciano afirma que os tucanos do Piauí dão total apoio ao chefe do executivo municipal de Teresina. Nesse imbróglio, o prefeito já chegou a dizer que tem uma chance remota de concorrer ao governo do Piauí, mas nada de concreto para a oposição.

“O prefeito Firmino é o nosso candidato ideal do partido e das nossas oposições. A candidatura dele só depende dele mesmo”, diz num contexto em que o prefeito tem que bater o martelo para concorrer ou não na chapa de oposição ao governo do Piauí nas eleições de 2018. Ainda nesta segunda-feira (08/01), Robert Rios e Luciano Nunes se reúnem.

DEIXE UMA RESPOSTA