Manifestação na PI 113 causa grande engarrafamento e pode continuar nesta quinta

=Dezenas de usuários do transporte coletivo que faz linha entre as cidades de José de Freitas e Teresina interditaram a PI-113 na manhã desta quarta-feira (17) em protesto contra o aumento da passagem de ônibus. Por conta disso, quem utiliza diariamente a rodovia foi impedido de passar pelo local porque os manifestantes montaram uma barricada e atearam fogo em pneus. Os manifestantes prometem se reunir todo dia no mesmo local até que o preço da passagem seja reduzido.

Por conta do ocorrido, foi registrado congestionamento. Motoristas que estavam no local chegaram a fazer o retorno para tomar outra via. Empresas de ônibus que fazem o percurso pela PI 113 deixaram de enviar os veículos e por conta disso muitos passageiros tiveram que adiar sua viagem. Em Barras, a empresa Cruzeiro foi uma delas. “Não queremos correr o risco de ter os nossos ônibus incendiados. Vou esperar acabar a manifestação para poder soltar os nossos ônibus”, declarou Giselle Carcará, gerente da Cruzeiro.

A principal reivindicação dos passageiros é o aumento da tarifa de ônibus que passou de R$ 3,50 para R$ 5,60. Além disso, os usuários reclamam também das más condições dos veículos.

“Não é justo que isso aconteça e essa empresa faça uma coisa dessas com os moradores de José de Freitas. O povo clama, precisa se libertar dessas mazelas”, desabafou uma moradora revoltada.

Conforme a Polícia Militar, que está na via para controlar os ânimos dos manifestantes, apenas ambulâncias estão passando pelo local. “Ainda não há uma previsão de quando a via será liberada”, disse o cabo Vitório Pereira, da PM de José de Freitas.

A Secretaria de Transportes do Piauí (Setrans) informou que o aumento no valor da tarifa foi reajustado com base nos índices da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que estabelece parâmetros para a regulamentação do transporte interestadual, com base em indicadores socioeconômicos. Esses dados são utilizados como base pela Setrans-PI para que sejam estabelecidos os valores tarifários em nível estadual.

“O Governo do Estado, em virtude da situação financeira do país, concedeu reajuste inferior ao estabelecido pela ANTT para o período (9,042%), sendo menos da metade do percentual reajustado para o período em nível nacional”, disse a Setrans em nota.

manisfes

manifesta2

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here