Miguel Alves/ Ex-prefeita será julgada por não pagar professores com precatório do Fundef

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) vai julgar na próxima quinta-feira (16) uma denúncia contra a ex-prefeita de Miguel Alves, Salete Rêgo. A denúncia foi formulada
pelos conselheiros do Fundeb de Miguel Alves Diego de Oliveira Sousa, Maria Sandra Vaz Silva, Cícero Pereira da Silva e Hosana dos Santos Tavares.

Na denúncia, constam diversos atos praticados pela ex-prefeita, como o não cumprimento de Decisão Judicial que desbloqueou a quantia de R$ 4.498.593,14 milhões do precatório do Fundef na condição de que este dinheiro fosse destinado apenas para  pagamento dos salários dos servidores referentes aos meses de novembro, dezembro e 13º salários. No entanto, a ex-prefeita deixou de fazer o pagamento do salário de dezembro e do 13º de alguns servidores.

Os conselheiros ainda acusam Salete Rêgo de realizar transferências indevidas para a conta de tributos do município no montante de mais de R$ 158 mil. O restante do dinheiro da educação, que deveria pagar os profissionais da área, foi usado para
pagamento de fornecedores, descumprindo a liminar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here