Miguel Alves/ Execução de pai e filho pode ter sido motivada por disputa de tráfico

O Capitão Luz, comandante da polícia militar da cidade União, informou na manhã deste sábado (27) que o principal motivo da morte do pai e filho, identificados apenas como Evangelista e Luís, pode ter sido por conta da disputa pelo tráfico de drogas na região.

O comandante disse à imprensa que uma pessoa escapou da execução. “Havia três pessoas na motocicleta, pai e dois filhos. Um dos filhos sobreviveu e foi socorrido. A principal suspeita é que o crime ocorreu por vingança. Por disputa pelo tráfico”, explicou.

O crime foi praticado na tarde de ontem (26), resultando na morte a tiros de dois homens na rodovia PI-112, entre os municípios de União a Miguel Alves. A guerra entre facções para comandar o comércio de drogas está acirrada na região norte do Piauí.

ENTENDA O CASO:

Dois homens foram executados com rajadas de tiros entre os povoados mato seco e Buritirana, zona rural da cidade de Miguel Alves, norte do Piauí, no início da noite desta sexta-feira (26).

Com várias marcas de disparos de arma de fogo, os corpos foram encontrados no acostamento da PI-112, ao lado de uma motocicleta na qual trafegavam. As vítimas foram identificadas como Evangelista e Luis, pai e filho, respectivamente.

O veículo da dupla também foi atingido e testemunhas informaram que várias cápsulas de balas foram encontradas no local. A polícia realiza diligências e trabalha com a hipótese de acerto de contas como motivação do crime.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here