MP investiga acumulação ilegal de cargos na prefeitura de Miguel Alves

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), por meio da Promotoria de Justiça de Miguel Alves, instaurou inquérito civil para apurar denúncia contra a prefeitura municipal, que tem como gestor Oliveira Júnior.

A portaria nº 03/2019 foi assinada pela promotora Francisca Silvia da Silva Reis no dia 18 de fevereiro. A denúncia é relacionada a acumulação ilegal de cargos e recebimento de vantagens indevidas pelos servidores públicos Ely Sandro Vaz e Silva, Eliane Sales de Oliveira Rosa e Elizany Vaz e Silva.

O MP afirma que o prefeito seria conivente com as irregularidades e requer sua responsabilização.

Outro lado

O prefeito Oliveira Júnior não foi localizado para comentar os fatos relatados.

Prefeito Oliveira Junior

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here