Operação Malum: entenda a ação dos agentes acusados de praticar crimes dentro da delegacia de Barras

Outro crime pode ainda ser atribuído a esse grupo. Trata-se do sumiço da arma que matou o advogado Kelson Feitosa. Na época, o então delegado Arthur Leal chegou a denunciar à Corregedoria da Polícia Civil e ao juiz e promotor da Comarca do município de Barras o desaparecimento da arma que matou o advogado de dentro da delegacia do município.

Irmãos Jocivania Meneses da Silva e Jocielton Meneses da Silva

Francisco Medeiros de Oliveira Junior e o policial civil Júlio César de Macedo Melo, ambos lotados na Delegacia do município, são suspeitos de crimes de tráfico de drogas, corrupção ativa, passiva e associação criminosa. Não se sabe de atuavam juntos ou separados, mas ambos praticavam crimes dentro da delegacia.

De acordo com o delegado geral, Riedel Batista, a investigação começou com a suspeita em cima do policial que passava informações sigilosas para outras pessoas e recebia dinheiro por isso. As drogas que eram apreendidas eram subtraídas e repassadas para pessoas de Barras e de Piripiri para serem comercializadas.

Além destes, foram presos Mardônio Silva de Paula e Maísa Silva de Paula, além de Jocivania Meneses da Silva e Jocielton Meneses da Silva. Pelos sobrenomes, observa-se que existe uma associação familiar para o crime.

Outro crime pode ainda ser atribuído a esse grupo. Trata-se do sumiço da arma que matou o advogado Kelson Feitosa. Na época, o então delegado Arthur Leal chegou a denunciar à Corregedoria da Polícia Civil e ao juiz e promotor da Comarca do município de Barras o desaparecimento da arma que matou o advogado de dentro da delegacia do município.

A operação contou com apoio de mais de 150 policiais civis do Greco, Depre, Corregedoria de Polícia Civil, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Gerência de Polícia do Interior, Delegacias de José de Freitas, Altos, Piripiri, Piracuruca, Pedro II, Campo Maior, Castelo do Piauí, Barras, Batalha, Esperantina, Luzilândia e 8º DP, além da COPAER e CANIL DA PM-PI.

Atualizado às 11h10min

A Polícia Civil, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado – GRECO, Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes – DEPRE, Delegacia Regional de Piripiri, Diretoria de Inteligência da SSP-PI e em parceria com a Promotoria de Justiça de Barras-PI, comunica que na data de hoje (05/09) foi deflagrada a OPERAÇÃO MALUM, que tem por objetivo desarticular grupo criminoso composto por agente públicos e traficantes, que vinham praticando crimes de Tráfico, Corrupção Ativa, Passiva e Associação Criminosa na região norte do Piauí.

As informações que chegam ao longah é que foram presos 4 pessoas: Maysa, esposa do Adriano (que já esteve preso por tráfico), Mardônio, o irmão dela; Francisco Medeiros Júnior, auxiliar administrativo; agente Júlio César (cunhado da Maysa).

Ao todo foram cumpridos mandados de prisões preventivas e buscas e apreensões nas cidades de Barras, Piripiri, Piracuruca e Teresina.

Dentre os investigados encontram-se 01 Agente de Polícia Civil de Barras e 01 Agente Administrativo da Prefeitura de Barras lotado na Delegacia do município.

A Operação contou com apoio de mais de 150 policiais civis do GRECO, DEPRE, Corregedoria de Polícia Civil, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Gerência de Polícia do Interior, Delegacias de José de Freitas, Altos, Piripiri, Piracuruca, Pedro II, Campo Maior, Castelo do Piauí, Barras, Batalha, Esperantina, Luzilândia e 8º DP, além da COPAER e CANIL DA PM-PI.

Ressalte-se que foi de fundamental importância para o desenvolvimento desta complexa investigação a competente atuação dos Juízes de Direito das Comarcas de Barras e Piripiri, Thiago Coutinho e João Bandeira, respectivamente, bem como da efetiva participação da Promotoria de Justiça de Barras, na pessoa do Promotor Silas Sereno Lopes.

O Delegado Geral de Polícia Civil, Riedel Batista e os coordenadores do GRECO e DEPRE, receberão a imprensa às 11h00min na sede da Delegacia Geral de Polícia Civil para fornecer maiores detalhes da Operação.

Aguarde mais informações!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here