Prefeito de Barras é investigado por contratação de pessoas proibidas de pactuar com administração pública

O Ministério Público do Piauí instaurou procedimento administrativo para apurar supostas irregularidades na contratação de pessoas proibidas de pactuar com a administração pública no município de Barras/Pi.

A portaria de abertura do procedimento foi assinada pelo promotor de Justiça Glécio Paulino Setúbal da Cunha e Silva, no dia 19 de junho.

O MP instaurou ainda outro procedimento administrativo com o objetivo apurar denúncia feita pela Câmara Municipal de Barras informando que o prefeito Carlos Monte não apresentou informações requeridas pela casa legislativa.

OUTRO LADO

O Portal R10 está aberto para esclarecimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here