Prefeitos discutem prorrogação de mandatos e unificação das eleições

Os prefeitos do Piauí se reuniram com a bancada federal na sede da Associação Piauiense dos Municípios (APPM) para tratarem sobre a unificação dos mandatos e das eleições. A partir de agora, se passar a votação da PEC 56/2019, o eleitor vai votar para eleger de vereador a presidente da República.

A discussão gira em torno da prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores ou a unificação das eleições com a realização de um pleito complementar de dois anos para unificar as eleições. O presidente da APPM, prefeito de Água Branca, Jonas Moura, comentou que a reunião com a bancada serviu para tratar da unificação dos mandatos e da reforma da Previdência. “As pessoas não aguentam mais as eleições de dois em dois anos.

Precisa ter coincidências de eleições que passariam a ser gerais para economizar tempo, dinheiro e melhorar a vida das pessoas”, argumentou Jonas. Ele ainda alegou que não existe prejuízo para ninguém, porque atualmente os municípios são os mais sacrificados dentre os entes federados. “Não tenho dúvidas que a unificação é o melhor caminho. s prefeitos cobraram a votação da bancada federal a essa PEC que está em tramitação no Congresso Nacional. A partir dai não teria mais eleições de dois em dois anos, e nem reeleição. O mandato seria de cinco anos”, finalizou o presidente da APPM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here