Prefeitura de Cabeceiras quer aprovar plano copiado e colado de outra cidade. “Coisas absurdas!”

A vereadora de Cabeceiras, Elenita Alexandre, fez duras críticas ao Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos do Município de Cabeceiras do Piauí enviado a Câmara Municipal para apreciação e votação. Segundo ela, nem mesmo a capa do plano é do município. Como pode ser visto na foto, na parte de baixo consta o nome de Campo Maior.

O Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos do Município de Cabeceiras do Piauí foi encaminhado para a Comissão de Obras e Serviços Públicos no dia 11/06/2018 para receber parecer. A relatora da comissão Vereadora Elenita Alexandre (DEM) detectou, além desta, outras irregularidades.

“Este Plano é uma cópia integral do Plano Municipal da cidade de Campo Maior. As informações quantitativas, a capa do Projeto já denuncia a incompetência da gestão municipal”, dispara a relatora.
Dentre os erros encontrados a vereadora cita alguns:

  1. O responsável pelo Plano consta a Secretaria da Limpeza, que não existe no município e nem perspectiva de se criar;
  2. Faz referência à existência de Cooperativa de Catadores de Lixo;
  3. Também se refere à existência de uma campanha “Troque uma garrafa PET por uma muda de planta”, produzida na reserva florestal da Secretaria de Meio Ambiente. Não existe a Campanha e muito menos a reserva;
  4. Consta a existência de 16 praças no centro de Cabeceiras do Piauí, com instalação de 64 coletoras de lixo, sendo que em Cabeceiras existe apenas uma praça no centro da cidade;
  5. Fala ainda da existência de 03 postos de coletas de baterias em Cabeceiras do Piauí. Locais: Armazém Paraíba, Lojas Claro e Secretaria de Meio Ambiente. Não existe Armazém Paraíba, Lojas Claro e na Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, não existe tal posto de coleta;
  6. Postos de recolhimento de embalagens agrotóxicas em Cabeceiras ( DUCAMPO, CAMPO AGROPECUÁRIO, CORRE CAMPO RAÇÕES, CABECEIRAS DO PIAUI RAÇÕES e PRODUTIVA). Desconhece-se esses estabelecimentos no município e tão pouco os que existem são postos de coletas…Dentre outras inúmeras irregularidades.

Após minuciosa análise do documento os membros da Comissão de Obras e serviços Públicos seguirão o voto da relatora e pedirão o arquivamento do referido Projeto na Câmara de Vereadores do Município.
Para os membros da comissão é muita falta de respeito com os vereadores e a população, o prefeito pegar um plano pronto de um outro município, totalmente diferente de Cabeceiras e sequer ter o cuidado de fazer as alterações e adequações necessárias.

“Esta comissão não permitirá que o prefeito José Joaquim (PP) mais uma vez use esta casa legislativa para encobrir suas irregularidades perante os órgão fiscaliZAdores como aconteceu em sua primeira gestão”, diz a vereadora.
O Plano foi elaborado pela empresa ECON – Consultoria & Projetos Ambientais e Coordenado pelo Prefeito José Joaquim de Sousa Carvalho, Ipolito Soares Silva Araújo representante do Administrativo, José Francisco de Sousa Carvalho representante da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, Itamar da Silva Torre,s representante da Secretaria de Saúde, João de Deus de Oliveira Filho representante da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e Willian Kesio Sousa de Paiva, representante da Secretaria de Educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here