Presos cinco suspeitos de explodir e assaltar agências bancárias em Campo Maior

Cinco suspeitos de explodir e assaltar duas agências bancárias em Campo Maior, a 80 km de Teresina, foram presos na madrugada desta quarta-feira (1) em Chapadinha, no Maranhão. De acordo com a Polícia Militar (PM) do Piauí, o grupo preso no estado vizinho pode ter dado apoio durante o crime ocorrido na madrugada da terça-feira (30).

Segundo a PM, os homens foram presos após uma abordagem em que durante a revista foi encontrada uma arma de fogo de uso restrito da polícia com um dos ocupantes. Os policiais também encontraram uma substância análoga à maconha, uma segunda arma de calibre restrito, um carregador de fuzil, uma quantia em dinheiro e aparelhos celulares.

Caixas eletrônicos foram arrombados com explosivos em assalto duplo em Campo Maior, no Piauí — Foto: Walter Júnior/ TV Clube

Caixas eletrônicos foram arrombados com explosivos em assalto duplo em Campo Maior, no Piauí — Foto: Walter Júnior/ TV Clube

Nos celulares foram encontradas imagens de fuzis, espingardas e revólveres. Conforme a polícia, dois dos celulares foram destruídos pelos suspeitos durante a abordagem. Ainda não há prova de que exista uma ligação entre os suspeitos e o crime em Campo Maior.

“Ainda não é possível afirmar que eram eles no veículo que deu apoio durante a ação, mas será feito um trabalho de investigação que vai apurar se houve envolvimento deles”, informou o major Etevaldo Alves, comandante da Polícia Militar de Campo Maior.

Fonte G1 Piauí

Atualizado 02.05 às 9h30

Polícia vai saturar região entre Barras e Batalha em busca de assaltantes de banco. Vídeo!

De acordo com coronel Erisvaldo, comandante da Polícia Militar de Piripiri, quadrilha que assaltou agências bancárias em Campo Maior estão escondidos na mata, e completou afirmando que a polícia vai saturar toda a região entre as cidade de Barras e Batalha em busca da quadrilha.

VEJA VÍDEO COM DETALHES DA AÇÃO!

Após perseguição aos assaltantes do Banco de Campo Maior, houve troca de trios em Piracuruca e a colisão de um carro em que estavam os bandidos. Ele fugiram a pé e deixaram parte das armas no veículo.

São três pistolas, sendo duas glocks 9mm, ambas com celetor de rajadas, com dois carregadores com capacidade de 32 cartuchos, uma pistola de fabricação turca 9mm, um carregador para fuzil AK47 russo, calibre 7.62 e dois coletes balísticos.

O coronel Márcio Oliveira, coordenador-geral de operações da PM/PI,  contou que na noite desta terça-feira, a PM passou a monitorar as três caminhonetes usadas pelos bandidos nas explosões: uma RAV 4 preta, uma S10 branca e uma Frontier preta, que terminou topando com uma equipe policial na estrada de Batalha, que dá acesso a Piracuruca.

Márcio Oliveira disse que os bandidos atiraram na polícia de fuzil e a polícia reagiu com tiros de fuzil também, por isso eles perderam o controle do veículo. Ninguém ficou ferido na cidade, mas pode ser que haja policial ferido. Agora os bandidos estão em apenas dois carros.

“Os bandidos retornaram, lançaram miguelitos na estrada. As três viaturas que estavam com o coronel Erisvaldo tiveram seus pneus furados e eles foram rumo a Piracuruca. Nós montamos uma barreira na saída da estrada de Batalha, quando eles perceberam a barreira, atiraram nos policiais, que revidaram, atingindo o veículo deles. Eles adentraram a cidade de Piracuruca e, na rotatória do Centro, eles perderam o controle da Frontier preta, bateram o veículo. Alguns dos que estavam na Frontier adentraram na RAV4 e outros dois tomaram uma motocicleta de assalto de um cidadão”.

A determinação, segundo o militar,  é manter o cerco até fazer a prisão de todos.

 

O coordenador disse que

ATUALIZADO ÀS 08:07

Quadrilha de bancos fura pneus de viaturas em Batalha e perseguição acaba em tiroteio em Piracuruca

Na noite desta terça-feira (30) uma perseguição a bandidos que fugiam pela região Norte do Piauí. Em Batalha, assaltantes acabaram jogando muitos miguelitos (espécie de pregos utilizados para furar pneus) na pista e conseguiram  furar os pneus das viaturas. Trata-se da quadrilha que assaltou duas agências bancárias na cidade de Campo Maior na madrugada desta terça (veja matéria no final).

A perseguição continuou por volta das 20:30 pela BR-343 em Piracuruca sentido ao município de Piripiri. Testemunhas que estavam no bairro Três Lagoas nas churrascarias próximo a BR, viram uma S-10 de cor branca com uma lona preta em cima passando em alta velocidade, sendo perseguido por duas viaturas da RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial).

Uma Frontier usada pelo criminosos acabou colidindo contra um estabelecimento perto de uma das rotatórias da cidade de Piracuruca e os criminosos saíram correndo pelas ruas. Há informação de que um assaltante foi morto no confronto com a polícia. Tiroteio deixou a população da cidade apavorada

Os criminosos que bateram a Frontier roubaram pelos menos duas motos para fugirem da cidade. Uma SW4 também teria dado apoio ao bando.

Policiais montam barreiras nas entradas das cidades próximas para tentar interceptar os assaltantes.

O veículo do video  foi abandonado em Piracuruca!

Aguarde mais informações!

Dois bancos são explodidos durante a madrugada em Campo Maior

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here