“Procurando o meu lugar no mundo. Praticando o bem”, diz frase no Instagram de Ozires Neto

A investigação analisou um vídeo registrado por uma câmera de segurança que mostra o crime. "As imagens mostram que o advogado parece se assustar e faz aquela manobra, que joga o carro para cima daquele portão"

O Instagram do advogado Ozires de Castro Machado Neto, de 28 anos, que foi baleado na cabeça e morto no início da semana, no bairro Saci, contém como uma frase de apresentação que comove quem lê por contrapora tragédia que aconteceu com ele:

“Procurando o meu lugar no mundo.  Praticando o bem sempre, rindo de tudo e tentando fazer o melhor a cada dia”

Os depoimentos sobre o rapaz são de elogios ao seu caráter, a sua postura e ao seu comportamento. Ele era espírita praticante e a Federação Espírita Piauiense emitiu nota após a sua morte.

“Nós que fazemos Federação Espírita Piauiense, vimos externar nossa mensagem de pesar pelo desencarne do confrade, estudante do ESDE, Turma do sábado e Associado Colaborador da   FEPI, Ozires Castro Machado Neto, ocorrido de ontem para hoje, no bairro SACI, vítima que foi da violência que grassa em nossa Capital. À família enlutada, nossas condolências”, diz a nota.

Amigos se solidarizaram com a família durante o cortejo em Cabeceiras-PI

EXECUÇÃO

A respeito de de execução como foi suscitado no início das investigações, a família de Ozires descartam totalmente esta versão. Segundo os familiares, o jovem não tinha desavença com ninguém e era muito querido no bairro onde morava.

Uma tia do advogado, que também não quis se identificar, lamenta a morte do sobrinho e descarta o crime de execução. “A gente acha que ele se assustou. Ele estava com o pé no acelerador, o veículo saiu desgovernado. Ele trabalha com um juiz em uma cidade do interior e não tinha desavença com ninguém, e não bebia. Era um ótimo filho, um maravilhoso sobrinho”, contou.

A versão do delegado Francisco das Chagas, o Baretta, combina com a da tia de Ozires. Segundo ele, as investigações  estão avançadas. “Já existem dois homens suspeitos que estão sendo investigados”, diz Baretta, acrescentando que eles estavam no local alguns minutos antes do crime e que a polícia já tem  a rota de fuga deles”, informou.

Conforme o delegado, o crime tem as características de um latrocínio (roubo seguido de morte). “Naquela rua existem muitas denúncias de assalto. Eles estavam ali porque a rua é muito estreita e alguns estacionam o veículo e quando uma pessoa vem, às vezes, tem que parar para o outro passar e foi, justamente, o que ele (a vítima) fez e os indivíduos abordaram ele”, afirmou Baretta.

A investigação analisou um vídeo registrado por uma câmera de segurança que mostra o crime. “As imagens mostram que o advogado parece se assustar  e faz aquela manobra, que joga o carro para cima daquele portão, que não é da casa dele, é de uma casa desocupada”, conta.

Após matar o advogado, os suspeitos roubaram um veículo, tomaram uma moto em assalto de uma senhora e na frente abandonam essa moto. “A investigação está bem adiantada e os culpados serão presos”, finalizou Baretta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA