Servidores da prefeitura vão acionar MP por conta de atraso de pagamento

Várias categorias profissionais da área da saúde do município de Esperantina pretendem acionar novamente o Ministério Público, a fim de denunciar os constantes atrasos do pagamento da gratificação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) para os profissionais da saúde.

Eles afirmam que o MP já tem conhecimento dos atrasos do pagamento da referida gratificação.

“Vamos novamente acionar o MP, como é que pode fazer festa em praça pública sem pagar as nossas gratificações da qual a gente tem direito. O Governo federal repassa o recurso religiosamente em dia, então não consigo entender os motivos desses atrasos”, disse um servidor que não quis ser identificado por temer represálias, disse.

Vale ressaltar que o Ministério Público já abriu procedimento para investigar o atraso do pagamento dessas gratificações. O processo está sendo investigado desde o mês de novembro do ano passado.

O vereador Tote Filho (MDB) também já formulou denúncia junto ao MP relatando os atrasos.

O último pagamento que os servidores receberam foi referente ao mês de abril/2019.

A gratificação é destinada para os enfermeiros, médicos, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde e de endemias, além da equipe do Programa Saúde Bucal e do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF).

O município atualmente é governado pela Petista Vilma Amorim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here