Vereador volta atrás e diz que vai retirar de pauta PL que proíbe construção de obras religiosas

Com a aprovação da Lei, imagens de santos não vão poder mais serem colocados nas ruas

Após repercussão negativa, vereador diz que vai retirar de pauta projeto que proíbe a administração pública e privada de financiar a construção de monumentos religiosos em ambientes públicos. Veja vídeo!

 

ATUALIZADA ÀS 13:40MIN

Projeto de vereador proíbe construção de monumentos religiosos em Barras

O vereador de Barras, que é evangélico, Vicente Neto, elaborou projeto de lei que proíbe a administração pública financiar a construção de monumentos religiosos em ambientes públicos.

O projeto vai mais além: proíbe que a iniciativa privada também edifique esses monumentos. O PL prevê ainda a retirada do monumento e multa de 4 salários mínimos para quem desobedecer a Lei.

Na sua justificativa, Vicente alega que não está impedindo a liberdade de fé, mas acha que há religião que está sendo beneficiada com os recursos do erário público! “O espaço público deve se manter neutro para a boa convivência”, diz, citando que a igreja católica pode fazer os seus cultos dentro dos templos religiosos!

O projeto ainda vai ser apresentado para aprovação na Câmara Municipal de Barras, para depois ser enviado para o prefeito Carlos Monte sancionar!

O PL já vem causando polêmica nas redes sociais e muitos defendem que isso pode causar um cisma entre católicos e evangélicos.

O texto não faz referência a imagens e monumentos que já existem. Se serão ou não derrubados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here