Áudios mostram policiais planejando crimes no Piauí. Até mortes eram combinadas

A Secretaria de Segurança Pública divulgou áudios de policiais presos nesta segunda-feira (02), na Operação Dictumm, em Teresina, acusados de integrarem uma organização criminosa. Ao todo, 16 pessoas são investigadas. Destas, foram presos 09 policiais militares, um civil, um ex-PM, e duas pessoas comuns.

A investigação comandada pelo Grupo de Repressão Ao Crime Organizado (Greco) iniciou há um ano, após ser identificada a participação de policiais no roubo de carga de um depósito. Todos os envolvidos são acusados de associação criminosa, roubo de carga, extorsão, tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e até assassinatos.

Foto: Divulgação/PC

Em um dos áudios divulgados pelo Greco, um policial identificado como W. Silva afirma ter pedido o valor de R$ 20 mil para matar uma pessoa.

Outro policial, identificado como Rene Carvalho, em conversa com W. Silva, pede para “dar uma surra” em uma pessoa. “Rapaz era só para dar um surra em um moleque aqui na Primavera, porque é aqui pertinho da casa da mamãe e eu não posso dar uma surra nele e ele está pegando um lixo aqui, era só pra dar uns quatro murros nele […] Vou caçar uma ripa aqui porque é bom dar de ripa não é de mão não”, diz.

W. Silva pergunta se não é para matar e Rene frisa que é apenas para dar uma “surra”. Ainda na mesma conversa, os dois policiais afirmam que estão doidos para “matar gente”. “Estou com saudades, nunca mais matei ninguém, ô tristeza. Tirar um dia pra nós rodar”, diz W. Silva. “Eu também estou doido pra matar gente, mas esse aqui não vale um chumbo não, só vale pisa mesmo”, afirma Rene.

Presos operação Dictum:

1) Genildo Vieira da Silva

2) Francisco das Chagas Lima Trindade

3) Helido Cunha de Sousa

4) Bruno Costa de Oliveira

5)Antônio Lopes Rosa

6) Rafael dos Santos Leal

7) Marcelo Ribeiro Rocha

8) Percyvall de Oliveira Ferreira

9) Lourival Ferreira de Carvalho Neto

10) Ellisson Costa Vieira

11) Wanderley Rodrigues da Silva, vulgo W.Silva,

12) Erasmo de Morais Furtado

13) José Afonso Santos e Silva

Veja os áudios dos policiais planejando crimes: 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *