Deputado chama operação de “show de pirotecnia” e diz haver influência da oposição

O candidato a deputado estadual João de Deus (PT) criticou a Operação Itaorna, deflagrada na manhã desta quarta-feira (12), durante sua participação no AZ nas Eleições. Para ele, a ação se assemelha a “show de pirotecnia” e tem influência da oposição.

“Por que só agora no período das eleições?”, indagou o petista; ele acrescentou que o objetivo real da operação “é expor o governo para facilitar o processo eleitoral para alguém”.

O candidato rechaçou até mesmo o Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. “O MP não poder sair por ai fazendo pirotecnia para amparar esse ou aquele grupo político. Hoje estamos vendo que há outras forças internas, inclusive dentro do TCE, que têm interesse nesse processo”, declarou João de Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here