Fraude em licitação deixa população de Porto sem água

A cidade de Porto está novamente sem água nas residências dos moradores. A situação se agravou depois da fraude na licitação de concessão dos serviços locais.

Nesta semana foi realizada uma audiência no Fórum da Justiça com representantes da empresa “Soluções”, da Agespisa e o prefeito Dó Bacelar (PP). No entanto, as partes não entraram num entendimento para acabar com o sofrimento do povo.

A Agespisa propôs manter o abastecimento de graça para a população até a realização de uma nova licitação, mas não foi aceito. As partes envolvidas têm prazo de 5 dias para apresentarem uma saída para a crise.

Francisco Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *