Vereadores da oposição de Porto garantem precatórios a professores

Os vereadores Aluízio Vaz, Antônio Vivica, Marcelino e Toinho Bananeira foram os únicos que votaram pela aprovação do projeto de Lei que garante parte dos 28 milhões de reais das precatórias do antigo Fundef aos homens e mulheres que contribuem há décadas para a educação de Porto Piauí.

Vale ressaltar que alguns dos outros parlamentares, velhas ovelhas negras citadas em processo de desvios de dinheiro da prefeitura, tentaram criar tumulto na sessão para prejudicar a votação, mas foram vencidos.

Justiça seja feita, Porto vence mais uma batalha por meio dos esforços dos vereadores de oposição. O resultado à favor dos funcionários foi cravado pelos quatro guerreiros que defenderam a tese fundamentada por Antônio Vivica.

Francisco Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *