Em entrevista à BBC News Brasil, o prefeito do município, Elinaldo Araujo (DEM), afirmou que a cidade deve perder cerca de 12 mil empregos com a decisão da montadora americana de encerrar as atividades no local.

Entrariam na conta os empregos diretos — os funcionários que trabalham para Ford — e vagas em empresas que prestam serviços para a montadora ou fornecem insumos para a produção de automóveis.

Na segunda-feira (11/01), a Ford anunciou que fechará suas três fábricas no país – em Camaçari, Taubaté (SP) e Horizonte (CE).

A empresa americana atribuiu a decisão à pandemia de covid-19, afirmando que ela intensificou um quadro de vendas já ruim e “prejuízos significativos” no país e na América do Sul.