O site Código do Poder, do jornalista Aquiles Nairó, divulgou que “o Tribunal Regional Federal da 4ª Região suspendeu por três anos os direitos políticos do ex-ministro dos Transportes, João Henrique de Almeida Sousa, coordenador da campanha do candidato eleito para a Prefeitura de Teresina, Dr. Pessoa (MDB)”.

“De acordo com a acusação do Ministério Público Federal, a dispensa de licitação na concessão de trechos das rodovias BR-476 e PR-427 à empresa Caminhos do Paraná aconteceu por meio de renovações irregulares de contratos, caracterizando novas contratações “sem licitação””, informou o jornalista.

O ex-ministro João Henrique ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

Agora, Pessoa coleciona apoios de alvos da Polícia Federal (Valter Alencar e Jeová Alencar) e de um braço forte que tem os direitos políticos suspensos.